Jornadas - SPRGS

Ir para o conteúdo
Jornada Bianual da Sociedade de Psicologia do RS
Efeitos do traumático e a (des)orientação do sujeito
Jornada Bianual da Sociedade de Psicologia do RS.
Convidado especial, psicanalista Paulo Endo.
30 e 31 de agosto de 2019
Coral Tower Trade Center Hotel
Endereço: Av. Protásio Alves, 2966 – Bairro Petrópolis – Porto Alegre – RS
A imersão contemporânea no traumático já faz parte do chão comum de diálogos e discussões sobre o nosso tempo.
Frente à predominância do ódio e da intolerância, das graves violações de Direitos Humanos, dos ataques à Democracia e ao diálogo, das tragédias humanas e ambientais que espalham a lama do obscurantismo por toda a parte, urge trazer a palavra como possibilidade de resistência e enfrentamento.
O trauma parece ser o modo de operação do contemporâneo. Quais os efeitos do traumático no sujeito? Como a escuta psicanalítica e o testemunho operam como dispositivos de enfrentamento?   
Por acreditar que o caminho de abertura de sonhos e possibilidades se dá no diálogo e no encontro com o outro, a Sociedade de Psicologia convida para uma ampla discussão sobre o trauma, seus efeitos e suas articulações com o sujeito de nosso tempo.
Convidamos a todos para participar desse espaço de diálogo e troca que será nossa jornada.

Público alvo
Profissionais e estudantes da área da saúde e educação.
A Falência da Ética e o ideal de Bem-Estar na Cultura Contemporânea
"É fundamental que possamos refletir sobre a cultura contemporânea e seus efeitos no sujeito.
Nesta mesa que dividirei com o colega Estevan Ketzer, abordarei a importância do resgate da complexidade das reflexões, da pluralidade e da qualidade dos encontros com o outro.
Temas urgentes e atuais desta Jornada da Sociedade de Psicologia do RS."


Atravessamentos tanáticos na escuta do traumático em Freud e Lacan
"A mostração do gozo no cenário contemporâneo nos interroga sobre suas incidências traumáticas no laço social.
A partir da articulação entre ética, clínica e política, pretendemos abordar os impactos subjetivos da crise política atual."


Atravessamentos tanáticos na escuta do traumático em Freud e Lacan
Os excessos de uma ordem cultural que defragra a vigência de um pulsional desgarrado mobiliza o terror do desamparo. Contexto que aciona a imobilidade do masoquismo narcotizante. Diante dessa condição, o estranhamento frente à dor - primado das intensidades - em mim ou no outro entre em colapso. O traumático, amordaçado psiquicamente, se apresenta na destrutividade das singularidades, território da indiferença. Trabalhar essa temática é um convite para aguçar percepções, visando não sucumbir aos atravessamentos tanáticos na escuta do mal-estar da nossa vida cotidiana. Aguardamos vocês."


Testemunho como escuta e reconstrução psíquica: aberturas no espaço analítico
"O espaço ficcional do testemunho revela-se como uma dimensão imprescindível para a transformação psíquica e política do traumático ao "abrir as imagens" da violência totalitária, para se constituir como resistência ao apagamento. O testemunho é sempre uma co-criação que promove a autorização frente ao acontecimento e uma ação ética."


Testemunho como escuta e reconstrução psíquica: aberturas no espaço analítico
"Mais do que nunca precisamos pensar o lugar do testemunho, dos memoriais como forma de acolher o sujeito desamparado diante da violência de um trauma.
Quando a violência é de Estado esta função se faz mais urgente ainda.
Trarei junto com a colega Barbara Conte algumas reflexões sobre este tema nesta importante jornada da Sociedade de Psicologia."


Sobre a ética
"A ética, também coloca sob suspeita a realização de uma ideia como plena, nos ajudando a indagar sobre quem somos para além do binarismo bom e mau, prazer e desprazer, inteligência e burrice. Podemos assim aprender com nossos passos em falso, despertar o que há de tolo em nós, para gerar uma nova percepção sobre quem somos e quem é o outro."




A clínica criativa de Ferenczi e Winnicott: o resgate do traumático
"Winnicott, assim como Ferenczi uma geração mais cedo, constatou que a clínica ampliada para incluir pacientes graves, inevitavelmente, exigia uma reformulação teórica na psicanálise: a reinclusão do conceito de trauma real."


Emergências e Desastres: o atendimento psicológico diante da crise
"O Workshop tem como objetivo principal instrumentalizar psicólogos e estudantes de psicologia com ferramentas teórico/práticas básicas para lidar com situações de crise.
O programa contemplará temas que auxiliem os profissionais a se prepararem para o atendimento de situações de emergências e desastres, respondendo ao evento de forma eficiente."


Programação
30 DE AGOSTO - Sexta-feira
13:30h Credenciamento
WORKSHOPS
14h “Emergências e Desastres: O atendimento psicológico diante da crise” (Simone Scremin)
16h “A clínica criativa de Ferenczi e Winnicott: o resgate do traumático” (Luiza Moura)
18h  Apresentação de temas livres (3 trabalhos selecionados)

ABERTURA
19:30h Fala da Presidente Magda Mello
20h Mesa de Abertura com Paulo Endo: “As vicissitudes da tortura e das graves violações de direitos na prática clínica”

31 DE AGOSTO - Sábado
9h Conferência Paulo Endo: “Psicanálise e estudos sobre a memória - os sonhos como testemunho”
10h30 Coffee-break
11h “Testemunho como escuta e reconstrução psíquica: aberturas no espaço analítico” (Bárbara Conte e Edson Souza)
12h30 Almoço
13h30 Avaliação dos Pôsteres
14h “Sobre a Ética” (Eneida Braga e Estevan Ketzer)
15h “Atravessamentos tanáticos na escuta do traumático em Freud e Lacan” (Ignácio Paim e Norton Dal Follo da Rosa)
16h30 Coffee-break
17h “Bate Papo sobre Walter Benjamin, Norbert Elias e Giorgio Agamben” (Paulo Endo)
18h40 Encerramento com a Diretora Científica (Mariana Steiger Ungaretti) e premiação dos temas livres e pôsteres selecionados.
Workshops
  • Workshop 14h
Emergências e Desastres: O atendimento psicológico diante da crise
Simone Scremin
O Workshop tem como objetivo principal instrumentalizar psicólogos e estudantes de psicologia com ferramentas teórico/práticas básicas para lidar com situações de crise. O programa contemplará temas que auxiliem os profissionais a se prepararem para o atendimento de situações de emergências e desastres, respondendo ao evento de forma eficiente.
Simone é Mestre em Ensino na Saúde, especialista em Psicologia Institucional e Hospitalar. Psicóloga da Emergência do Hospital de Clínicas de Porto Alegre.

  • Workshop 16h
“A clínica criativa de Ferenczi e Winnicott: o resgate do traumático”
Luiza Moura
O workshop tem como objetivo traçar alguns paralelos e complementariedades entre o pensamento de Ferenczi e Winnicott. Principalmente no que diz respeito às propostas de adaptação da prática psicanalítica para a inclusão de pacientes difíceis. Tanto um autor como o outro perceberam que novas propostas técnicas precisariam passar por reconsiderações teóricas. Em busca do entendimento da etiologia dos quadros graves, eles se depararam com a necessidade de resgate da traumatogênese. A partir deste ponto, Ferenczi e Winnicott desenvolveram proposições técnicas originais que nos oferecem indispensável suporte e embasamento para os desafios da clínica contemporânea.
Luiza é psicóloga clínica, especialista em psicoterapia psicanalítica. Bacharel em comunicação social. Autora dos livros: “Uma coisa bem pequena e sem nome” e “Ferenczi e Winnicott: análise de adultos na língua da infância” (segunda edição). Co-autora dos livros, juntamente com José Outeiral: “Winnicott: seminários gaúchos”, “Breve ensaio sobre a maldade”, “Paixão e Criatividade: estudos sobre Frida Kahlo, Camille Claudel e Coco Chanel”. Membro fundador de Winnicott Seminários/Poa.​
Submissões
Prazo para submissão de Pôsteres e Temas Livres até 8 de agosto.
Regras para submissão e apresentação: clique aqui.

Inscrições
ATÉ 31/jul
Estudantes graduação* sócios SPRGS
R$ 150,00
Estudantes graduação* não sócios
R$ 180,00
Profissionais sócios SPRGS
R$ 220,00
Profissionais não sócios e Público
R$ 250,00
DE 01/ago ATÉ O DIA DO EVENTO
Estudantes graduação* sócios SPRGS
R$ 180,00
Estudantes graduação* não sócios
R$ 210,00
Profissionais sócios SPRGS
R$ 250,00
Profissionais não sócios e Público
R$ 290,00
  • Opções de pagamento em boleto bancário à vista e cartão de crédito em até 10 vezes (verifique valores pela operadora de pagamento).
  • Não serão devolvidos valores de inscrições.
  • As cobranças são efetuadas pela Eventize e Cielo, operadores de inscrições e meios de pagamentos.
*   Estudantes: apresentar comprovante estudantil no credenciamento do evento.
Sprgs
Rua Felipe Néri, 414 conj 202 Auxiliadora
90440-150 Porto Alegre RS

51. 3331-8586
51. 995.273.920

Sociedade de Psicologia do Rio Grande do Sul
Voltar para o conteúdo