COMITÊ DE PSICOLOGIA DA SAÚDE E HOSPITALAR

A história da Psicologia Hospitalar inicia em 1818, em Massachussets, quando no Hospital McLean formou-se a equipe multiprofissional e incluía o psicólogo. Neste, mais tarde, em 1904, inaugura-se o laboratório de psicologia onde surgem as primeiras pesquisas na área.

No Brasil, na década de 50, a precursora Mathilde Neder em conjunto com a equipe médica e enfermagem no Hospital de Clínicas da USP, observam a agitação de algumas crianças após a cirurgia, quando ocasionavam danos as peças de gesso e prejudicavam o trabalho de recuperação. O seu primeiro trabalho foi prestar assistência psicológica a seus familiares e a pré e pós-operatória às crianças submetidas à cirurgia de coluna, além da aderência ao tratamento.

Pontos importantes para serem discutidos:

A dor em diferentes prismas;
Psicossomático: cuidado psicológico mãe-bebê;
Câncer de mama implicações e prevenção
Resiliência
Discutir diferentes abordagens na prática hospitalar e na saúde;
Prevenção ao suicídio;
Transtorno alimentares prevenção e tratamento;
Transtornos mentais na infância e na adolescência;
Atendimento em emergência;
Humanização e abordagem da família nos processos paliativos;
Intervenções psicológicas em UTIS e CTIS;
Dependência química;

                                  COMITÊ HOSPITALAR

Coordenador: Eliane Tonello -  eliane.tonello@gmail.com