A Sociedade de Psicologia do Rio Grande do Sul foi fundada em 1959, constituindo a primeira instituição da classe a representar os psicólogos gaúchos. Seu objetivo é de congregar e representar psicólogos e estudantes de psicologia, promovendo o estudo e o desenvolvimento dessa ciência como profissão. Também o de propiciar o intercâmbio entre seus sócios, instituições e a comunidade em geral.

Com o intuito de promover uma maior integração entre os Psicólogos do interior, levando às suas cidades um espaço no qual possam circular idéias, estudos e aperfeiçoamento teórico e técnico através do intercâmbio entre profissionais, em 1998 foram criadas os Núcleos do Interior, que representam a Sociedade de Psicologia no interior do estado. Taquara, São Leopoldo e Caxias do Sul foram as primeiras cidades contempladas com esse espaço, o que veio a contribuir não só para a divulgação e valorização da profissão do Psicólogo, bem como para reforçar a seriedade que a mesma exige. Posteriormente outros Núcleos foram criados, agregando-se aos já existentes. Foi o caso de Novo Hamburgo, Bento Gonçalves e, por último, Torres. Atualmente novos Núcleos estão sendo abertos, aproximando mais os Psicólogos do Interior do Estado com a Capital e vice-versa.

Os Núcleos do Interior desenvolvem atividades científicas através da promoção de palestras, painéis, jornadas e cursos onde são abordados temas de interesse dos Psicólogos em sintonia não apenas com a comunidade científica, como com a comunidade em que está inserida.

Alguns Núcleos oferecem também Comitês para profissionais e estudantes de Psicologia, que funcionam similarmente a grupos de estudos, buscando-se, através dos mesmos, um aprimoramento teórico e técnico, sob a coordenação de Psicólogos comprovadamente experientes naquela área de estudo.

Os integrantes dos Núcleos do Interior, além de uma representatividade em sua cidade ou região, seguem contando, ainda, com o que a Sociedade de Psicologia oferece em sua sede na Capital.